NÃO PERCA!

    7 dicas para passar por cima e manter um relacionamento depois de uma traição

    By on 12 de setembro de 2017

    A decisão de perdoar uma traição cabe apenas ao casal. Porém, passar por esse momento é algo muito complexo e exige muita dedicação das duas partes para que isso não se torne um motivo para separação. Por isso aqui separamos sete dicas para ajudar vocês a passar por essa fase. Não se esqueça que esse momento é muito delicado, e pode ser que você não queira seguir todas as dicas. Lembre-se que a intenção aqui é sempre ajudar, mas cada pessoa é diferente, e você deve se respeitar acima de tudo. Se sentir que algo aqui não está de acordo com o que você quer, não se force a fazer nada. Boa sorte!

     

    1. Muita conversa

    Um momento como esse exige que o casal converse muito. Porque quando há traição, independente do motivo há uma quebra de confiança entre os dois. Essa confiança vai ser estabelecida à medida que vocês conversarem e desabafarem sobre tudo que aconteceu. Não vale a pena achar que perdoar essa traição é fingir que não aconteceu, e deixar o tempo fazer com que vocês esqueçam isso. Até porque, vocês sabem que não vão esquecer. O ideal é que vocês saiam da zona de conforto que é a de fingir que nada aconteceu, e conversem o Maximo possível sobre isso. É difícil, vocês talvez chorem, passem por muitos momentos de sensibilidade. Mas é assim que a relação de vocês vai passar dessa fase e ter possibilidade de evoluir.

     

    2. A confiança vai ser reconquistada

    Não adianta nada achar que o relacionamento vai ser o mesmo depois de uma traição. É um episódio que coloca em cheque vários sentimentos, e até mesmo o próprio relacionamento. É importante que vocês dois tenham calma para acompanhar os momentos nos quais vários sentimentos que foram quebrados com essa traição sejam reconstruídos. Além de paciência para acompanhar o renascimento desses sentimentos, é importante que haja dedicação das duas partes. Esses sentimentos não vão magicamente começar a surgir. É preciso que vocês se dediquem e estejam dispostos a levar o relacionamento a frente.

     

    3. Não ligue para opiniões alheias

    Como você leu logo no início do texto, a decisão de perdoar ou não é alguém cabe a somente uma pessoa. É interessante que você ouça outras pessoas, depoimentos de pessoas que já passaram por isso e até conselhos. Porém, a palavra final é sempre sua. Depois que você tomar a sua decisão não se importe com especulações de pessoas ao redor. O importante é que você esteja comprometida com sua própria felicidade e bem estar. Seguindo isso, com certeza a sua decisão será a correta.

     

    4. Tenha consciência dos seus limites

    Perdoar é um ato bonito dependendo da situação, mas não é pra qualquer pessoa. E não é vergonha nenhuma reconhecer que simplesmente você não é capaz de perdoar algum tipo de atitude. Isso não faz de você uma pessoa melhor nem pior do que alguém que consegue perdoar uma traição. É importante que você reconheça seus limites e não se force a perdoar ninguém. Não vale a pena você tomar uma atitude que no futuro só vá te trazer dor de cabeça. Esteja de acordo com o que você realmente quer, e não com o que você considera que você deveria querer.

     

    5. Não hesite em mudar de ideia

    Talvez você pense que consegue perdoar alguém, mas depois de algum tempo você percebe que não consegue esquecer aquela traição. Ou talvez você perceba que não consegue restabelecer a confiança entre vocês, não importa o quanto você tente, o relacionamento já não é mais o mesmo. Não hesite em voltar atrás. Seja sincera, explique que você pensou que conseguiria perdoar, mas no final não conseguiu. Não é vergonha nenhuma admitir isso, por sinal. Da mesma forma, pode ocorrer de você achar que não consegue perdoar, terminar o relacionamento, e acabar querendo voltar atrás. Nessa situação vai depender da outra pessoa também querer o relacionamento de volta, mas as vezes esse tempo separados era o que você precisava. O importante é manter em mente que nenhuma decisão que você tomar deve ser para sempre. Não se pressione, e tente fazer o que for te deixar mais confortável naquela hora.

     

    6. Evite voltar nesse assunto em brigas

    É muito importante que vocês conversem sobre isso, e que elaborem bem todos os sentimentos envolvidos nessa traição. Porém, é extremamente ruim que esse assunto volte em momentos de briga. Se vocês decidiram que vão continuar juntos apesar dessa traição, é preciso que esse assunto não volte como forma de atingir nenhuma das partes. Tenham lealdade um com o outro, e não usem esse episódio em todas as brigas que acontecerem. Conversem sobre isso por todo o relacionamento de vocês se necessário, mas de forma alguma usem isso como argumento em alguma briga. Isso só vai tornar o processo de perdão e de evolução do relacionamento cada vez mais difícil.

     

    7. Não deixe de tirar um tempo para pensar

    Tire um tempo em que você possa pensar sozinha sobre isso. Tente não levar em conta o que os outros vão pensar da sua decisão. O mais importante é que você pense sobre isso, e sobre o que vai te deixar melhor. Definir estratégias para passar por esse momento da forma que você mais se respeite e respeite seu tempo. Tenha essas questões bem claras na sua mente, para depois poder conversar com seu namorado/marido. É um momento de vulnerabilidade seu, que deve ser respeitado por todos, e para isso, você precisa mostrar que se respeita.