NÃO PERCA!

    11 Dicas para não desgastar o relacionamento

    By on 21 de março de 2018

    Se a rotina já é desgastante nas demais áreas da nossa vida, imagina em um relacionamento, mas se você já está cansado de ouvir que é culpa da rotina o desgaste do seu relacionamento,  e não entendeu o que realmente isso que dizer esta na hora de você perceber o que realmente afeta seu relacionamento . Uma das definições de rotina é a falta de interesse pelo progresso, o que define muito bem o problema em questão, o problema é que crescemos rodeados de histórias de príncipes e princesas que quando se casam vivem sempre um final feliz. A questão é o contexto infiltrado na mente moderna requer tudo perfeito a um custo quase zero, porém sabemos que na realidade tudo que é bom demanda investimento e estímulo. Nada se mantém em bom estado sem cuidado, nem mesmo os bens materiais e quem dirá os relacionamentos.

    Com o passar dos anos o ritmo do dia a dia desgasta o relacionamento, isso por que os casais geralmente se acomodam e acabam não investindo no tempo de qualidade para estarem juntos, como faziam no inicio do relacionamento. O relacionamento esfria e os casais acabam achando que é normal e faz parte do relacionamento, mas isso é um equivoco. E como identificar que o relacionamento já chegou a este ponto? É simples, a falta de vontade de realizarem tarefas e passeios juntos, falta de diálogo, brigas pequenas rotineiras e a falta de aceitação do outro acabam dando os sinais de que o relacionamento caiu na rotina. E como reverter isso? Bom, vamos expor alguns pontos principais para evitar o desgaste do relacionamento.

    1.  Mantenha o Diálogo

    Abra o jogo com seu parceiro, sempre conversem sobre suas dificuldades e também seus acertos. Converse sobre variados temas, desde seus amigos, família, política, futebol, planos, futuro, trabalho até sobre o relacionamento de vocês. Se mantenham conectados, se mantenham atualizados da vida um do outro e sempre abertos a conversar e compreender o outro. Já dizia um autor desconhecido muito sábio “da qualidade do diálogo vem à qualidade da vida. O diálogo bem sucedido acalma, amansa, abranda, agrada, alegra. Do diálogo vem a lógica e também vem a emoção.

    2. Afaste a desconfiança e o ciúme

    A desconfiança em si não é ruim, pois afinal de contas é através dela que muitas descobertas foram feitas e isso no sentido científico e também nos quesitos pessoais. O problema reside na desconfiança obsessiva e controladora. Quando a desconfiança começa a ser maior do que a confiança, as brigas excessivas e descontroladas começam a surgir, a paz acabada e a tensão toma conta do relacionamento. Essas situações não são saudáveis para nenhum dos parceiros, ao contrario só afasta um do outro. Se você desconfia de algo, veja se tem fundamento, escute o que pessoas que te querem de fato bem têm a dizer, porque uma opinião de quem vê a situação de fora, geralmente tem mais clareza. Se certifique de não estar vendo o contexto só com a sua percepção da vida, cada pessoa é diferente uma da outra e por isso você não pode julgar tudo só pelo seu ponto de vista.

    3. Respeite a opinião do outro

    Mais uma vez caímos no mesmo contexto. Não somos todos iguais, temos princípios, costumes e pensamentos diferentes e da mesma forma que gostamos quando as pessoas respeitam nossas opiniões devemos respeitar os valores das outras pessoas também, principalmente do seu parceiro, que é a pessoa que divide a vida com você. O respeito e a compreensão sempre farão bem para o seu relacionamento e consequentemente evitará o desgaste.

    4.  Exponha a sua opinião

    Voltamos ao ponto do diálogo, viu como ele é importante? A questão é o equilibro, acabamos de falar sobre respeitar a opinião do outro, mas você também precisa expor a sua, atenção expor e não impor. O seu parceiro não irá saber o que você gosta, acha, prefere, odeia, ou não se importa se você não comunicar isso a ele, é obvio que ele não tem uma bola de cristal para adivinhar, então nada de joguinhos, saiba expor a sua opinião com respeito.

    5. Desenvolva alguma atividade juntos

    Descubra um interesse em comum dos dois e passem praticá-lo juntos. Isso fortalece os vínculos, será prazeroso para os dois, criarão memórias agradáveis e vocês dois ainda se divertirão juntos. Caso não exista um interesse em comum, reveze, um acompanha o outro e assim redescobrir novos prazeres e gostos.

    6. Façam planos juntos

    Reaver a esperança de coisas boas sempre carrega a vida com novas energias, novos sentidos de busca e isso impulsionam o casal. Incluir o outro nos seus planos significa que você se importa com ela e que ela é essencial na sua vida, caso o contrário o oposto também é verdade. Crie novas expectativas que incluam os dois e isso criará uma nova inspiração para o relacionamento.

    7. Saiba respeitar o espaço do outro

    Todo mundo tem seu limite, em cada sentimento e em cada situação, uns tem mais tolerância outros não, e você precisa respeitar a limitação do seu parceiro. Ninguém é perfeito, inclusive você, então saiba respeitar o gosto, as preferências, os valores e também a individualidade de cada um.

    8. Seja leve

    Critique menos, reclame menos, aprenda a rir dos próprios defeitos e dos defeitos do seu parceiro. É normal e saudável, não concordarmos com tudo e querermos mudança de situações que nos incomodam. O problema é criado quando isso passa a ser supervalorizado no relacionamento. Se você tem dificuldade em manter a calma e ignorar coisas bobas e corriqueiras que podem ser resolvidas facilmente, criando brigas estrondosas e situações vergonhosas, e não consegue esperar o tempo preciso para ver a mudança acontecer, pode ser que você esteja passando por um momento de muito estresse, ansiedade e até mesmo depressão. Nesse caso é válido procurar a ajuda de um médico, que vai ajudar a equilibrar o que está errado no seu organismo e vai melhorar primeiramente a sua qualidade de vida e posteriormente de seu parceiro.

    9. Valorize os momentos de intimidade

    Invista tempo, esforços na intimidade de vocês. Na correria do dia a dia deixamos passar despercebido um carinho, palavras de afirmação, palavras de amor, atitudes que demonstram o afeto de um pelo outro e até mesmo deixar o sexo pra depois, ou deixar de fazer o que o parceiro gosta no sexo. Tudo isso conecta um ao outro e aumenta o carinho e o desejo pelo outro, a falta dessas ações deixa a porta aberta para a frieza entrar no relacionamento e assim desgastá-lo.

    10. Cuide de você

    Você não pode oferecer aquilo que não tem, e isso já deixa bem claro a importância de você cuidar de si própria. Pessoas que se relacionam bem são saudáveis emocionalmente, ou cuidam para que sejam. Em primeiro lugar você precisa se valorizar, cuidar da sua saúde, do seu físico, emocional, espiritual para que você esteja bem com você mesma, tenha confiança em você e saiba seu valor e não aceite nada que venha abaixo disso. Só assim você poderá oferecer um relacionamento de fato saudável, porque sem isso você corre o grande risco de fazer mal a você mesma e ao outro.

    11. Pense na felicidade do outro

    Você já deve estar cansada de ouvir das avós que relacionamento “é uma via de mão dupla”, mas é uma grande verdade. Procure não ser egoísta, não pense somente na sua felicidade e no seu bem estar, pense também no seu parceiro e você verá que isso também te fará bem. Se a pessoa que você ama esta bem e feliz, você também ficará feliz. Então não seja egoísta, pois pode ser um caminho sem volta, isso porque geralmente pessoas egoístas só enxergam o seu próprio mundo, excluem pessoas queridas e carregam muita negatividade sobre os outros e isso afasta e desgasta o parceiro.

    Não é fácil manter um relacionamento saudável, mas é possível, desgastes podem ocorrer durante a caminhada a dois, porém o importante é saber rever o que está errado e corrigir, reaver as rotas, ações e ajustá-las. E o mais importante, não se desespere, mantenha a calma e continue, não é da noite pro dia que essa mudança acontece, leva tempo e empenho.