NÃO PERCA!

    7 diferenças entre a paixão e o amor real

    By on 4 de junho de 2018

    Para os olhos inexperientes, não existe diferença entre a paixão e o amor, mas na realidade, são coisas muito diferentes. Ao contrário da crença popular, esses dois sentimentos não são iguais. Entender isso é crucial para manter um relacionamento saudável e avançado.

    E nesse post, vamos explorar as sete principais diferenças entre paixão e amor real!

     

    1°Diferença – Paixão pode destruir sua vida, o amor só constrói

     

    Há uma razão pela qual muitas pessoas dizem “Eu fiz isso no calor da paixão”.

         A paixão cega você. Isso faz você querer brigar descontroladamente e por qualquer coisa, fazer sexo desprotegido ou fazer muitas outras coisas irresponsáveis. O amor, por outro lado, faz você pensar sobre as coisas. O amor envolve a busca do que é melhor para você e seu parceiro, em vez de simplesmente usar uma onda de hormônios sem pensar nas consequências.

     

    2° Diferença – Paixão vem e vai, o amor permanece em segundo plano

     

         A paixão está presente no amor verdadeiro, mas o inverso não. Diferente do amor, a paixão quase sempre desaparece. Pode levar semanas, ou  meses, porém,  quando o casal entra nos estágios seguintes do relacionamento, a natureza cega da paixão desaparece, e todo o sentimento que existia simplesmente acaba. De repente, os parceiros começam a enxergar os defeitos um no outro, que antes  estavam cegos para notarem. Quando os defeitos e desafios surgem, somente o amor verdadeiro poderá resistir e prosseguir.

     

     

    3° Diferença – Paixão requer hormônios, amor requer princípios e habilidades

         Para a paixão existir, tudo o que você precisa são de hormônios, e disso o seu cérebro cuida. Para o amor existir, por outro lado, você precisa de princípios e habilidades como o respeito, a honestidade, atenção, diálogo e a compreensão. Além disso, esses princípios devem ser compatíveis e correspondidos entre os parceiros.

     

     

     4° Diferença – A paixão é imediata, o amor leva tempo para se desenvolver

     

    A paixão pode surgir minutos depois de conhecer alguém. Suponhamos, você conhece um cara atraente e de repente tudo o que você quer é  passar todos os momentos ao lado dele como se fosse o homem mais perfeito que já conheceu. Corre o perigo de você até querer jogar a frase “Eu te amo” por perto.

    Mas não se engane, é paixão. Isso porque o amor, é algo que você desenvolve mutuamente com o outro alguém durante um período de tempo, repleto de desafios, conversas, descobertas e observação.

     

     

     

    5° Diferença – A paixão faz você querer se mostrar, o amor nega a opinião de qualquer outra pessoa

     

    Quando é paixão você se pega pensando constantemente “essa relação é real?”
    Isso faz com que você queira buscar aprovação da pessoa com quem você está a qualquer custo. O que inclui obsessão por  demonstrações públicas de afeto, infinitas selfies e postagens em mídias sociais, tudo para tentar provar para você e para os outros de que esse ‘amor’ é eterno.

    Entretanto quando é amor de verdade, você não precisa de nenhuma aprovação e nem mesmo de provar para ninguém. E sabe por que? Porque no amor você e seu parceiro já viveram momentos e situações suficientes para reconhecer que é um sentimento real e sólido.

     

     

    6° Diferença – A paixão é baseada na perfeição, o amor é baseado na aceitação

     

    Paixão é o que você sente quando está namorando, quando só consegue enxergar o que parece ser a pessoa mais perfeita que você já conheceu. O amor por outro lado, é o que você sente mesmo depois de descobrir que aquela pessoa não é tão perfeita, e que tem seus defeitos seja em costumes, ou até mesmo no físico.

     

     

     

    7° Diferença – A Paixão pode existir com qualquer pessoa, o amor requer uma pessoa muito específica

     

    Se você quiser encontrar paixão, basta entrar em um bar e procurar a pessoa mais atraente do seu gênero preferido. Você pode fazer isso em qualquer cidade, ou país e “ter sucesso”. No caso do amor, claro, é muito mais difícil de encontrar.

    A pessoa por quem você desenvolve amor terá qualidades e valores muito específicos que você almeja para sua vida a um longo período de tempo. Para isso, a experiência de vida deverá ser compatível com a sua, ou seja, um vai completar o outro. Ele será  fraco em áreas nas quais você é forte e vice-versa.